A Gestão de Frota não precisa ser um problema!

Quais os tipos de gestão de frotas? Veja como obter o melhor de cada uma
Quais os tipos de gestão de frotas? Veja como obter o melhor de cada uma
28 de maio de 2018
8 dicas para reduzir custos com frotas
8 dicas para reduzir custos com frotas
12 de junho de 2018
A Gestão de Frota não precisa ser um problema! Há soluções para reduzir custos

Em meio a uma concorrência maior e mais qualificada e clientes mais exigentes, as empresas se deparam com o desafio de conquistar mais mercado e clientes e aumentar seus lucros e precisam lançar mão de todos os recursos e estratégias para atingir as metas. Uma dessa estratégia e ter uma boa Gestão de Frota.

 

Um cenário econômico de muita instabilidade nos últimos anos tem gerado um alto nível de desemprego e incerteza para novos investimentos. As vendas caíram de forma geral e para manter um faturamento mínimo para suas estruturas, é preciso reduzir margens.

 

Do outro lado da balança, estão grandes desafios, os custos, e as empresas mudaram o olhar de gestão, investindo mais no acompanhamento, controle e revisão constante deles.

 

É preciso buscar soluções para reduzir custos sem perder a qualidade dos processos internos e dos serviços e produtos que são vendidos.

 

A Frota de Veículos se destaca por ser um custo significativo em valores e importância dentro das empresas, em suporte às atividades representação, de assistência técnica e de logística de entrega.

 

E também por ser administrado por processos complexos, muito técnicos na maioria e com um considerável risco de perda financeira, se a gestão não for atuante e eficiente.

 

Mas a Gestão de Frota não precisa ser um problema.

 

Há muitas soluções para reduzir custos e vamos falar de algumas delas que você pode aplicar e obter resultados imediatos.

 

1. Reduzir custos de frota com sistema de gestão

 

Para um centro de custo tão complexo como a Gestão de Frota, é importante adotar um sistema de gestão completa para acompanhamento, controle e ações em todo o processo, da aquisição à venda e substituição.

 

Nele podemos armazenar dados preciosos sobre o desempenho de cada veículo e que podem apontar necessidades correntes e futuras, por exemplo, manutenções e reparos que programados podem custar menos:

 

  • Quilometragem;
  • Consumo de combustível;
  • Gastos com peças de desgaste;
  • Acidentes;
  • Grandes reparos;
  • Multas

 

Com estes dados, é possível interpretar tendências de consumo e tomar ações preventivas, impedir ou reduzir grandes gastos e definir com eficiência o melhor momento de venda e substituição de cada unidade.

 

Outros itens a serem controlados são as regularizações inicial e anual, para prevenção de multas e eventuais apreensões de veículos, que provocariam prejuízos no atendimento ao cliente e custo extra com aluguel.

 

2. Reduzir custos de frota na manutenção

 

A manutenção pode ser o maior custo dentro da Gestão de Frota e precisa ser controlada muito de perto.

 

Mas também é onde podemos trabalhar diversas ações para reduzir custos, de imediato e ao longo do tempo. Vamos falar de algumas.

 

  1. Revisões de veículos novos: controla-las para não serem perdidas, são gratuitas e ajudam na preservação da vida útil dos veículos.

 

  1. Planos de manutenções preventivas: manter-se atento (ou monitorar com o fornecedor externo, conforme o modelo de gestão da empresa) com um calendário para que elas sejam feitas e evitem os reparos corretivos e o aumento dos custos.

 

  1. Condução dos funcionários: investir em cursos de reciclagem para as práticas de direção que obtenham o desempenho do veículo sem desperdício ou desgastes precoces.

 

  1. Terceirizar os grandes reparos: manter uma estrutura para todos os serviços pode ser muito mais custoso que as intervenções pontuais de grandes reparos. A oficina própria pode focar em trocas de pequenos componentes, manutenções preventivas e pinturas.

 

  1. Estoque de peças básicas: impede as compras emergenciais de itens de troca programada ou de alto desgaste, que perdem poder de negociação que uma compra de grande volume tem.

 

Reduzir custos de frota

 

3. Reduzir custos de frota com plano de gestão

Além do controle e análise de todos os dados de cada veículo, a empresa deve estabelecer um plano de gestão, um conjunto de objetivos mensuráveis, com datas, responsáveis nominais e levantamento de resultados.

 

Os objetivos devem ser factíveis e discutidos com os especialistas da empresa. É importante que os funcionários envolvidos – administrativo, técnicos e condutores – se comprometam com a importância do plano para o ajuste de resultados do setor.

 

Quer conhecer mais sobre gestão de custos? Clique em nosso artigo a respeito.

 

Reduzir custos de frota

 

4. Reduzir custos de frota com pessoal qualificado e capacitação

 

A Gestão de Frota tem muitas atividades técnicas ou específicas e a contratação de pessoal com as qualificações é fundamental para o sucesso das etapas do processo.

 

  • Administrativo: é importante que os funcionários tenham experiência na área ou recebam a qualificação adequada na empresa para lidar com as situações que se apresentam no dia a dia: monitoramento, sinistros, quebras, planejamento de rotas, imprevistos nas vias, reparos programados e as análises de gestão de resultados e tomada de decisões.

 

  • Técnicos: aqui a qualificação assume uma grande importância para que as decisões e execuções sejam rápidas e eficientes. Os profissionais devem ter experiência ou formação em escolas técnicas de qualidade comprovada tais como o SENAI.

 

  • Condutores: aqui consideramos funcionários como vendedores e técnicos e também motoristas de frotas de caminhões de entregas. É recomendado investir em capacitação de boas práticas na direção que diminuam os riscos de acidentes e preservem o bom funcionamento dos veículos.

 

5. Reduzir custos de frota com um fornecedor externo de gestão

 

Administrar internamente todas as questões envolvendo a frota de veículos pode custar muito em sistema, processos, qualificação, planejamento e equipamentos e ainda assim não trazer os resultados esperados.

 

Realmente não é um centro de custos simples, com tantas variáveis no dia a dia e diversas análises que sofrem constantes mudanças até por fatores na economia – preços de combustíveis, investimentos em malha rodoviária – e na sociedade – índice de roubos e acidentes.

 

Uma ótima solução que muitas empresas têm adotado ao longo dos anos é a contratação de um fornecedor externo de gestão de frota de veículos.

 

São empresas especializadas em administrar todo o processo, mediante o pagamento de uma prestação mensal. Este tipo de fornecedor cuida de todas as etapas a partir da aquisição da frota por parte do cliente:

 

  • Legalização e regularização anual;
  • Rastreamento;
  • Gestão documental;
  • Gestão de manutenção preventiva e corretiva;
  • Avaliação de histórico de dados e eventos e proposição de ações e soluções;
  • Plano de venda e renovação de frota.

 

Importante ressaltar que os clientes continuam responsáveis por todos os pagamentos de despesas e custos, porém toda a estrutura administrativa e técnica é responsabilidade do fornecedor externo de gestão.

 

Neste ponto, temos uma diferença entre os fornecedores externos de gestão e as empresas de terceirização de frotas.

 

Existem dois grandes ganhos com os fornecedores externos de gestão:

 

  • Considerável economia com a estrutura;
  • Redução de custos nas etapas operacionais, a partir de expertise e da disponibilidade do fornecedor externo de gestão em melhorar a performance e dar opções de redução.

 

Neste artigo, abordamos algumas ações que podem ajudar a reduzir custos de frotas, entre eles os fornecedores externos de gestão. Podemos perceber que muito pode ser trabalhado no dia a dia das empresas para buscar resultado cada vez melhores neste setor.

 

A Expense Reduction Analysts – ERA é uma consultoria mundial especializada em Gestão de Custos, inclusive gestão de frotas.

 

A ERA possui uma Metodologia de eficiência reconhecida e Profissionais qualificados e com experiência no assunto.

 

Quer conhecer mais?

 

Então clique aqui, marque uma reunião sem compromisso com um especialista e promova uma transformação em sua empresa.