Administrar os custos de Frete pode trazer uma economia significativa para a sua empresa

É possível reduzir os custos de Frete da sua empresa. Veja as 7 dicas que temos
É possível reduzir os custos de Frete da sua empresa. Veja as 7 dicas que temos
26 de junho de 2018
Frete Próprio ou Terceirizado: o que é melhor para o seu negócio?
Frete Próprio ou Terceirizado: o que é melhor para o seu negócio?
10 de julho de 2018
Administrar os custos de Frete pode trazer uma economia significativa para a sua empresa

O Frete, tanto das suas compras quanto da entregas aos seus clientes, é um custo de alto volume e exige muita dedicação para se manter em níveis adequados ao lucro que você espera no seu negócio. Mas é possível administrar com sucesso a partir de soluções mais simples do que imaginamos. Vamos falar um pouco sobre esta administração gerando performance e lucro!

 

Administrar os custos de Frete sem dúvida é um grande desafio, independente do porte da empresa e do produto que é vendido. Trata-se de uma estrutura de processos e controles entre as empresas envolvidas.

 

Os empreendedores priorizam, naturalmente, as estratégias, custos e despesas relacionados à sua natureza – vender produtos e obter lucro. E gerenciar vendas e mercado é uma tarefa cada dia mais complexa, são muitos concorrentes em todos os segmentos, qualificados para disputar espaço por clientes mais exigentes.

 

A situação econômica ainda instável, tirando poder de compra (e emprego) de milhões de brasileiros, aumenta a instabilidade dos lucros e as empresas começam a dar uma atenção ainda maior para os seus custos.

 

E o Frete, que é um importante componente dos custos logísticos, merece uma prioridade ainda maior, nele estão grandes oportunidades de economia e de melhoria de resultados.

 

Administrar os custos de Frete pode trazer uma economia significativa para a sua empresa. Vamos falar das oportunidades para isso.

 

1. Você tem mais de um Frete para administrar na sua empresa

 

Como empreendedores, independente de outros custos no dia a dia, a tendência é sempre olharmos para o que gastamos de fretes na entrega aos clientes porque neles também está o nível de qualidade de atendimento dos clientes.

 

Mas na verdade precisamos controlar muito bem o que gastamos para todas as compras. Podemos separar o custo de Frete em uma empresa em três grupos:

 

  • Fretes de Venda. Destinados às entregas aos clientes.

 

 

  • Fretes de Consumo. Compras de itens não relacionados às vendas: equipamentos, mobiliário, acessórios, material de consumo e outros.

 

Cada grupo exige um conjunto de ações e controles, pode ser maior ou menor, mas não podemos descuidar de nenhum deles.

 

2. Uma gestão dedicada para administrar os custos de Frete da sua empresa

 

Boa parte das empresas, pelo seu porte e complexidade de produtos, não necessariamente precisa de uma área dedicada à administração dos fretes.

 

Porém, é sempre recomendável uma haja uma centralização na gestão para que ela obtenha a experiência ao longo do tempo e possa avaliar o que é necessário no dia a dia em termos de ações, ferramentas e processos.

 

Muitas empresas descentralizam a contratação – comercial, administrativo, manutenção e outros – mas a experiência mostra que existe um risco grande de descontrole do volume, principalmente se não houver um processo e um sistema de gestão padronizados para todas as áreas usarem.

 

Um fator primordial no sucesso desta gestão é que ela seja implementada como política da empresacontrolar e reduzir custo de frete  por exemplo – para que todos os colaboradores entendam a importância.

 

Implementar esta gestão, mudar a cultura da empresa ou revisar a gestão atual em busca de ganhos financeiros e de produtividade não são tarefas simples, exigem muito tempo e dedicação. Uma ótima opção são as consultorias especializadas em Gestão de Custos, como a Expense Reduction Analysts – ERA que estudam profundamente o negócio, os problemas e as ações necessárias.

 

3. A tecnologia é fundamental para administrar os custos de Frete da empresa

 

Sistemas: a tecnologia avançou muito nos últimos anos em soluções específicas para negócios. Podemos encontrar no mercado ferramentas que ajudam a gerir a operação de Fretes e no levantamento de dados que auxiliem esta gestão. É recomendado investir numa solução que se integre às demais áreas para receber e gerar dados com a intervenção mínima do usuário.

 

KPI (Indicadores de Performance): a partir de um sistema, é possível criar e monitorar diversos indicadores que vão auxiliar nas decisões – histórico de viagens e custos por região, gasto por fornecedor, custo por quilômetro e outros.

 

Tecnologia embarcada: o monitoramento dos veículos é fundamental nos dias atuais, especialmente por causa da segurança nas estradas. Esta é uma atividade da transportadora, mas é importante acompanhar e cobrar que ela invista neste quesito. É a segurança do motorista e das cargas que estão em jogo, e tudo isto tem um impacto na imagem da sua empresa junto aos clientes.

 

Administrar os custos de Frete

 

4. Negociação constante faz a diferença na administração dos custos de Frete da empresa

 

O mercado de serviços de transporte é muito dinâmico e isto tem impacto nos preços que são praticados. Desta forma, é recomendável um acompanhamento dos preços e buscar uma negociação constante, sem abrir mão da qualidade.

 

Ter contratos de fornecimento, especialmente para os fretes de venda, é uma boa alternativa para tornar o custo mais previsível e reduzir os processos de contratação. Por outro lado, deve-se considerar que contratos muito longos podem restringir a possibilidade de ganhar com a dinâmica do mercado.

 

Não há uma receita única. Há diferentes tipos de contratos que dependem da estrutura da empresa, do desejo de negociar sempre com o preço do momento ou da estabilidade de saber quanto vai pagar por prazo determinado.

 

Para que as negociações sejam produtivas, é importante ter um cadastro atualizado das empresas – seus preços, equipamentos, regiões de atuação e a reputação delas no mercado.

5. Estar atualizado ajuda na administração dos custos de Frete da empresa

 

Aqui estamos falando não só dos preços de mercado, mas principalmente das mudanças e novidades que ocorrem no mercado de transportes e que podem impactar seu negócio.

 

  • Um novo acesso ou uma nova rodovia para a sua principal região de atendimento pode impactar positivamente (menor risco de quebras e acidentes) ou negativamente (pedágios).
  • Problemas de segurança podem colocar em risco o seu atendimento.
  • Variações de aspectos tributários que podem alterar os preços
  • Precificação de combustíveis.

Inúmeros fatos podem influenciar o custo e o atendimento.

 

Um outro aspecto importante é o relacionamento com os fornecedores. Quanto melhor, mais transparente será o momento de rever algo por uma mudança que está fora do controle deles e negociar para que o impacto no seu custo seja o menor possível.

 

Administrar os custos de Frete

 

Neste artigo, podemos ver que muitas ações simples podem fazer a diferença no seu resultado de custo de Fretes no fim do mês e impactar positivamente nos lucros.

 

A Expense Reduction Analysts – ERA é uma consultoria mundial especializada em Gestão de Custos, inclusive em Gestão de Fretes.

 

ERA possui uma Metodologia de eficiência reconhecida e Profissionais qualificados e com experiência no assunto.

 

Quer conhecer mais?

 

Marque uma reunião sem compromisso com um especialista e promova uma transformação em sua empresa.

 

Fernando Macedo
Fernando Macedo
Engenheiro Metalurgista pela FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, com especialização em Marketing pela ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing, e MBA Executivo Internacional pela FIA – Fundação Instituto de Administração