Qual é a Diferença entre Redução de Custos e Gestão de Custos?

Redução de Custos Administrativos: 8 dicas de como fazer
Redução de Custos Administrativos: 8 dicas de como fazer
24 de abril de 2018
5 Estratégias para Gestão de Custos na Sua Empresa
5 Estratégias para Gestão de Custos na Sua Empresa
15 de maio de 2018
Qual é a Diferença entre Redução de Custos e Gestão de Custos?

No artigo A Importância da Gestão de Custos para a Tomada de Decisões, abordamos este instrumento de acompanhamento e controle fundamental para obter os melhores resultados com os custos e, consequentemente, aumentar a lucratividade da empresa.

 

Nenhuma empresa pode, hoje em dia, abrir mão de controlar de perto tudo que gasta, seja para produzir bens e serviços, seja para manter as estruturas administrativas funcionando bem e suportando a área comercial adequadamente.

 

Muitas vezes, em momentos de vendas e margens baixas, quando não conseguem mudar o cenário concedendo descontos e promoções, as empresas conseguem aumentar seu lucro reavaliando os custos, implementando uma política de redução de custo.

 

Gastando menos, sobra mais. Mas, às vezes a política provoca danos colaterais, como demitir funcionários e com isso baixar a motivação do grupo ou sacrificar processos – perda de eficiência e mais custo.

 

Muitos empreendedores pensam na Gestão de Custos apenas como um programa de redução.  Reduzir Custos pode ser uma consequência de uma Gestão de Custos, à medida que esta analisa a situação e aponta as necessidades.

 

Manter custos em níveis possíveis e adequados deve ser algo permanente, estruturado e com planejamento para evitar incêndios e ter uma gestão eficiente.

 

Por este motivo, vamos falar um pouco sobre a diferença entre Redução de Custos e Gestão de Custos.

 

Diferença entre Gestão de Custos e Redução de Custos

Diferença entre Gestão de Custos e Redução de Custos

 

A Importância Estratégica da Gestão de Custos

Num ambiente ideal, a Gestão de Custos é um organismo vivo na organização. Idealmente deve surgir no nascimento da empresa com controle de custos utilizando metodologias, estudos e métricas específicas para cada empresa, antes de qualquer decisão.

 

A ideia principal, inclusive, é de que uma boa gestão analise e planeje tão bem a estrutura de custos da empresa que, a médio e longo prazo, os ajustes sejam ínfimos.

 

Talvez o problema esteja mesmo na Precificação de Venda ou nas Estratégias de Venda e de Marketing. Aceitar este resultado é uma decisão difícil, porque são visões que demoram muito mais para serem ajustadas e dar resultado – quando é possível ajustar e ainda existe o mercado para aceitar.

 

Mas, se a Gestão existir permanentemente, desde o começo de tudo, e for eficiente, os custos estarão controlados de tal forma e por tanto tempo, que os resultados refletirão sempre positivamente no Lucro, gerando margem quando nem eram pensados para isso.

 

Estratégica de Gestão de Custos

Estratégica de Gestão de Custos

 

O Risco Estratégico da Redução de Custos

A Gestão é feita visando chegar aos melhores resultados continuamente num momento estável na empresa. Deve ter uma estrutura desenvolvida para acompanhar toda a sua evolução e as suas necessidades, corrigindo distorções e propondo atualizações constantemente.

 

Empresas onde não há gestão estruturada estão muito sujeitas a políticas ocasionais de redução que permeiam toda a organização, mas sem uma fluência de processo. Todos os setores se mobilizando por seus próprios cortes e um grupo de pessoas com um esforço emergencial e pesado de relacionar áreas, prever consequências e, acima de tudo, visando resultados imediatos.

 

Um imediatismo que acompanha a criticidade do momento financeiro e comercial.

 

Se a empresa não tem Gestão e precisa urgentemente reduzir Custos, algumas atitudes podem ajudar o processo:

  • Certeza na decisão. É preciso avaliar se todas as possibilidades comerciais foram vistas e descartadas. Isto demonstra que a empresa pensa com seriedade nos impactos da decisão de reduzir custos.
  • Comunicação rápida. Tomada a decisão, comunicar a todos os colaboradores, e de forma única, a metodologia que será usada, as áreas afetadas, o tempo estimado e quem liderará o processo – especialmente se for uma Consultoria.
  • Transparência. Importante que todos os colaboradores saibam da real profundidade da situação e do tamanho do sacrifício. Cria um real engajamento.

 

Risco Estratégico da Redução de Custos

Risco Estratégico da Redução de Custos

Reduzir Custos Inadvertidamente Nem Sempre Resolve

Podemos destacar alguns tipos de ações que podem prejudicar os resultados esperados.

  • Metas de redução baseadas em percentuais lineares em todas as áreas, sem considerar a importância dos custos para o funcionamento de cada setor. O risco é prejudicar ou descontinuar Processos importantes, provocando custos que não existiam antes (hora extras é o mais recorrente).
  • Reduções focadas em Pessoal. Além do custo da demissão, que é imediato, tem os mesmos riscos do item anterior e a desmotivação de quem ficou – principalmente se a empresa é recorrente em reduções emergenciais.
  • Reduções focadas em Custos de Venda. Normalmente são os primeiros a ser reduzidos, para dar o exemplo. Mas é um erro grande sacrificar a locomotiva. Pode haver custos a reduzir ou eliminar, mas os efeitos serão mais sentidos no cliente.
  • Decisões tomadas sem envolvimento dos Colaboradores. Eles conhecem melhor os Processos, os efeitos das reduções e costumam ter boas ideias que minimizem os cortes ou seus impactos. Não ouvi-los num momento tão crítico (onde o próprio emprego está em jogo) gera desmotivação e pode prejudicar o comprometimento com as decisões.
  • Reduções recorrentes. Geram desconfiança e queda de comprometimento na organização sobre a qualidade do trabalho.

 

São fatos que reforçam a importância de um Processo estruturado e permanente.

 

Risco Estratégico da Redução de Custos

Risco Estratégico da Redução de Custos

 

<H2>A Importância da Consultoria Especializada na Redução de Custos</H2>

Na ausência da Gestão de Custos, é muito importante que a empresa tenha o maior conhecimento e os melhores profissionais à disposição de um Processo de Redução.

 

Nem sempre criar um grupo interdepartamental é a melhor saída, pode demandar bastante do tempo de vários colaboradores, de todas as áreas, e prejudicar o andamento das rotinas diárias – as empresas normalmente trabalham com equipes enxutas.

 

Além disto, a exposição pode inibir o senso crítico de alguns em decisões tão críticas. Sabemos como pode ser desconfortável questionar a redução de um custo em frente ao gestor.

 

Desta forma, contratar uma Consultoria Especializada em Redução de Custos pode ser uma ótima solução.

 

São empresas que possuem profissionais qualificados, experientes e com a expertise necessária para entender:

  • A empresa em detalhes – porte, produtos, localização, ativos;
  • O momento financeiro – dívidas, comprometimento de receitas;
  • As necessidades e objetivos da empresa com o Lucro;
  • O universo de Custos da empresa – fixos, variáveis;
  • A real possibilidade de atingimento ou espaço para atingir resultados maiores.

 

O processo de Redução de Custos através de uma Consultoria, como a ERA Expense Reduction Analysts confere:

  • Uma abordagem direcionada e mais produtiva na fase de estudos.
  • Maior agilidade com eficácia no levantamento e projeção dos cenários.
  • Um universo maior de opções de melhoria.

 

O resultado é um processo eficiente, com chances reais de sucesso.

 

Outro aspecto positivo é conhecimento técnico que será adquirido e que poderá ser usado em um futuro Processo de Redução.

 

Consultoria Especializada em Redução de Custos

Consultoria Especializada em Redução de Custos

 

Vimos neste artigo a importância de uma Gestão de Custos e sua diferença em relação a um trabalho de Redução de Custos.

 

E o quanto uma Consultoria Especializada em Redução de Custos pode ser decisiva no processo de Redução de Custos, como a ERA Expense Reduction Analysts.

 

Ela tem a expertise necessária para avaliar, propor soluções e ações para o atingimento dos objetivos e até mesmo superar.

 

Então, Quer conhecer a proposta de trabalho de ERA?

 

Clique abaixo, marque uma reunião sem compromisso com um especialista e promova uma mudança estruturada e segura em sua empresa.

 

QUERO SABER MAIS!